terça-feira, 19 de dezembro de 2017

Pussy in Áries

Imagem de sex, art, and couple



Foi inevitável não sentir o pau dele tão profundamente
Tudo arrepiou, dos pés à mente
Aquela boca também fodeu tão bem
Eu não quero o seu amor, baby, só o que convém

A calcinha perdida no quarto barato
Ele observava a mim de um jeito sutil
Juro que não me apaixono, esse é o trato
Take me again, I love cheap thrills

Ofegantes enquanto metia
Nada parecia impuro ali
No movimento rápido de foder, tu ainda sorria
O teu, o maior pau que eu já vi

Senti, inclusive sentei
Meti, fodi, trepei, gozei
Talvez agora não haja mais céu
se formos julgados, culpado teu pau, o grande réu

Minha boca sentiu teu gosto
Causou em mim um vicio que agora dói
Sou refém do que me for proposto
Um desejo que só me destrói

Mas também me ressuscita
quando você olha fixo, desejando seja lá o que
Sua presença já me excita
Esquece os passeios românticos, eu só quero foder.



Verso extra que não se encaixa no poema, pois há uma porcentagem significativa de sentimentalismo:

A tua boca na minha foi inicio de tudo isso
Eu não sei o que depois vai acontecer
A tua boca na minha foi o fim de tudo isso
Esqueci de lembrar como que é agora viver




Priscilla Way.






domingo, 8 de outubro de 2017

Eu não gosto de cerveja, você entende isso e me paga uma coca-cola OU esse texto não é sobre odio ao alcool, é mais profundo.



Alice era uma jovem mulher que não gostava de cerveja. Ou seja, nunca foi sucesso em um bar. Nem entre os grupos de pessoas que se encontravam em bares. Nem nunca foi marcada em foto de grupo de pessoas que se encontravam em bares. 
Talvez, um dia, foi vista e bem tratada por um rapaz com intenções confusas. Ela acreditou que ele fez bem por muito tempo. Compartilharam saliva, segredos, autodepreciações, prostitutas e uma grande tensão sexual. Foi bonito. 
Por ironia dos locais de encontro na cidade, sempre (às vezes) se viam em bares, onde, finalmente, as latinhas de coca-cola eram vendidas, já que a moça era a unica naquele tipo de recinto que saía de casa para envenenar-se com aquele maravilhoso e excitante copo de açúcar. Ele sempre pagava tudo. Um dia, tudo isso acabou. 
Alice ainda não entende muito bem o motivo e continua sufocando o sentimento restante com várias copos de coca-cola. Hoje, os bares são ainda mais sem graça. Eles brindam com cerveja tão rápido (porque a desgraça dessa bebida chega primeiro à mesa). Alice não brinda, só tenta esboçar sorrisos. 

Foge mentalmente para outras realidades sem precisar de álcool.

quinta-feira, 14 de setembro de 2017

Off


Resultado de imagem para mr robot preto e branco

Eu adoro quando você desliga o computador
E passa a ser o você que eu gosto
Que parece até que me pertence
Nesse momento, todas as angustias vão embora
E o seu sorriso é só meu
Só para mim
Não para aplicativos 
ou apelativos.

Eu adoro quando você desliga o computador.

Te amo off-line.

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Carnaval de finados

Imagem de strong, sad, and quote


Oi, amigo
Um ciclo fechado da sua morte comigo
Eu ainda sinto falta, sim
E começo a acreditar no que você achou ser melhor pra mim
Serão tristes carnavais daqui pra frente
Aqui jaz, então, eu e você, a gente
Haverão, no entanto, boas lembranças e particulares insultos
Teu pau, boca, um barzinho oculto
So sorry, fuck you, santo!

Não sei, talvez, te amo tanto.


PW.